Artigos

O Poder das Nossas Crenças
O Poder das Nossas Crenças
02/09/2012

A maioria dos médicos conhece bem o efeito placebo, mas  poucos prestam atenção `a sua capacidade de levar à  autocura.Se o pensamento positivo pode tirar alguém da depressão e curar um joelho com problemas, imagine o que o pensamento negativo pode fazer.Quando a mente faz com que a saúde de uma pessoa melhore, chamamos o processo de efeito placebo.Já quando a mente emite sugestões negativas que podem afetar a saúde, os efeitos causados são chamados efeitos " nocebo".

Na medicina o efeito nocebo pode ser tão poderoso quanto o placebo.Tenha isso em mente toda vez que pisar em um consultório.Com o seu discurso e atitudes, os médicos podem transmitir mensagens que desanimam os pacientes, que não tem justificativa. Albert Mason, por exemplo, acha que sua falta de habilidade para transmitir otimismo a seus pacientes foi o que o impediu a cura dos pacientes de ictiose.Outro exemplo é o do poder de declarações do tipo: " Você tem mais seis meses de vida".Se o paciente realmente acredita nas palavras do seu médico, é bem provável que não viva mais do que isso.

Um caso interessante é de um médico de Nashville, Clifton Meador, que estuda há 30 anos o potencial do efeito nocebo.Em 1974, um de seus pacientes, Sam Londe, um vendedor aposentado, teve câncer de esôfago, uma doença considerada na época 100% fatal.Apesar de todos os tratamentos, os médicos "sabiam" que não havia chance de cura e ninguém se surpreendeu com sua morte algumas semanas depois de anunciado o diagnóstico.

A surpresa veio depois de sua morte, quando uma autópsia revelou que havia muito pouco vestígio de câncer em seu corpo, uma quantidade insuficiente para matá-lo.Apenas alguns pontos no fígado e um no pulmão.Nenhum sinal de câncer no esôfago que todos supunham ter sido a causa da morte.Meador declarou ao Discovery Health Channel : " Ele morreu com câncer , não de câncer ".Mas, qual foi a causa, afinal ?Lone morreu porque acreditava que iria morrer.Mesmo décadas depois, Meador ainda não se esqueceu do caso : " Pensei que ele estivesse com câncer e ele também pensou.Todos tinham certeza do diagnóstico.Muitos casos de nocebo mostram que nossos médicos, pais e professores podem diminuir ou mesmo eliminar nossas esperanças nos programando para acreditar que não temos capacidade ou forças para reagir.

Nossas crenças positivas e negativas têm impacto não apenas sobre nossa saúde como também sobre outros aspectos de nossa vida.Henry Ford estava certo a respeito da eficácia da linha de produção como também sobre o poder da mente : " Não importa se você acredita ou não que pode fazer algo ... você está certo ".

Suas crenças agem como filtros de uma câmera.E sua biologia se adapta a elas.Quando reconhecemos o poder de nossas crenças descobrimos a chave da liberdade.Nós podemos modificar nossa mente !!!

Fonte: Livro A Biologia da Crença  de Bruce H.  Lipton   Páginas  169, 170.