Artigos

Microfisioterapia em bebês: o que é, como funciona
Microfisioterapia em bebês: o que é, como funciona
20/04/2018

A microfisioterapia é usada para tratar traumas que são encontrados na memória celular do bebê.

Você sabia que muitos bebês podem ter algum tipo de trauma desde o início de sua vida? E que quanto mais cedo ele for tratado, maiores são as chances dele não levar nenhum tipo de sequela emocional para sua vida adulta? Poucas pessoas conhecem o tratamento de microfisioterapia, que busca a memória celular do paciente para chegar ao foco do problema, e esse tratamento também é indicado para bebês que passaram por algum tipo de trauma.

Que tipos de problemas podem ser tratados em uma microfisioterapia para bebês?

Normalmente, os bebês que sofrem com problemas como irritabilidade constante, insônia, mudança de humor repentina e outros fatores que podem ser observados pelos pais e visto como anormais, podem ser avaliados pelo profissional para que ele avalie qual é o tipo de tratamento ideal para seu bebê.

Como funciona uma consulta de microfisioterapia?

O profissional coloca o bebê em uma maca, depois ele começa a avaliar a memória celular desse bebê, usando o toque de sua mão, assim ele vai conseguir descobrir o que gerou o problema e ver como vai tratar. Depois que ele descobriu o que gerou o problema, ele vai estimular o corpo desse bebê até achar a cicatriz do problema. Assim ele consegue apagar definitivamente essa memória do bebê.

Quanto tempo demora uma sessão de microfisioterapia?

Uma sessão de microfisioterapia dura cerca de 40 minutos até o máximo de 1h. Nesse tempo o terapeuta consegue avaliar o bebê tranquilamente e assim estimular os pontos certos para achar a sua memória celular. Só dessa forma ele consegue tratar o problema de forma correta.

Traumas de uma gestação complicada podem ser tratados com a microfisioterapia?

Sim. Muitos bebês que nasceram de uma gestação muito conturbada, seja ela de diferentes fatores, podem sofrer algum tipo de problema futuro. Geralmente, esses bebês se tornam crianças com algum tipo de sequela emocional e isso pode acarretar sérios problemas na fase infantil, na adolescência e, principalmente, na fase adulta. O ideal é procurar esse tipo de tratamento o quanto antes, assim o bebê vai ter uma vida normal, como ele merece.

A microfisioterapia pode ser feita junto a outro tipo de tratamento?

Sim. Não existe contraindicação por fazer a microfisioterapia alternada a outros tratamentos. Aliás, essa escolha pode acelerar soluções do problema, principalmente se tratando de um bebê.

Que tipo de reação meu bebê pode ter depois de uma sessão de microfisioterapia?

Como o terapeuta vai trabalhar com a memória celular do bebê, é comum que ele tenha reações como cansaço e sono depois da consulta. Na verdade, ele vai se sentir totalmente relaxado, por isso ele pode ter esse tipo de reação.

Posso segurar meu bebê no colo para se realizar esse tratamento?

Sim. É comum que muitas mamães tenham esse tipo de insegurança, e normalmente elas preferem que seu bebê fique em seu colo. Na verdade, essa é uma questão que varia de cara profissional, mas geralmente não existe problema em que o bebê seja tratado no colo de sua mãe.

Qual o tipo de roupa que meu bebê deve usar nesse tipo de consulta?

Normalmente, o terapeuta pede que os bebês estejam vestidos com roupas leves, que facilitem receber o toque do profissional na hora da sessão.

Fonte: Terra